Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/12/09 às 3h00 - Atualizado em 29/10/18 às 15h40

Cheque Moradia e Termo de Concessão regularizam moradias

Auxílios entregues na manhã desta quarta-feira (16) ajudam famílias de baixa renda das duas cidades a construírem ou reformarem suas casas. Samambaia é a próxima na lista dos benefícios.

Dona Laura Ribeiro, 78 anos, é a primeira moradora do Itapoã. A pequena casa construída no Condomínio Del Lago precisava de reparos, mas a idosa não tinha renda suficiente para fazer as melhorias. Nesta quarta-feira (16), a aposentada recebeu o benefício do governo que promete transformar essa realidade: o Cheque Moradia. “Vou reformar a minha cozinha para receber o governador Arruda em um almoço especial”, prometeu.

Assim como dona Laura, outros 199 moradores carentes do Paranoá e do Itapoã, cuja renda mensal não ultrapassa três salários mínimos, receberam o benefício. A ação é uma parceria das Secretarias de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), de Habitação (Sehab) e da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab).

O cadastro das famílias interessadas começou a ser feito há uma semana, na Sedest. Os contemplados terão direito a R$ 4.000 parcelados em quatro vezes. O valor deverá ser usado em até 90 dias para a compra do material necessário para a reforma. A mão-de-obra fica por conta dos beneficiados.

O Secretário de Habitação, Fernando Pádua espera que a entrega do cheque moradia impulsione a reforma e a construção das novas casas na região. “Além de ajudar quem precisa, o benefício movimenta a economia local”, explicou o secretário. “As parcelas seguintes só são liberadas após a confirmação do uso correto dos recursos”, ressaltou João Carlos, presidente da Codhab.

Em 2009, o GDF destinou R$ 30 milhões distribuídos em cheque-moradia em todo o Distrito Federal. De 2007 até agora foram entregues mais de quatro mil benefícios. Para participar do programa as famílias devem preencher um cadastro na Sedest. Uma equipe do governo verifica as reais necessidades de cada uma.

Outros 300 moradores da região receberam o termo de concessão de uso do imóvel. O documento, que antecede a escritura, legitima a posse dos lotes e regulariza a ocupação dos moradores carentes beneficiados. A dona de casa Adilce Santos, 42 anos, comemorou a entrega do termo. “Estou realizada. Nunca morei em um espaço regularizado”, comemorou.

Samambaia

A próxima região beneficiada com o Cheque Moradia é Samambaia. Uma equipe da Sedest está na QR 831 até sexta-feira fazendo cadastros para atender 1.500 moradores carentes da cidade. Outras ações estão sendo feitas na cidade como limpeza das ruas, recuperação das pistas, poda de árvores além de recuperação de quebra molas e faixa de pedestres.

Jane Rocha – Agência Brasília