Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/10/15 às 14h53 - Atualizado em 29/10/18 às 15h37

Novos auditores internos fazem curso de capacitação

COMPARTILHAR

São 94 aprovados no último concurso para auditor de controle interno que irão atuar em órgãos do DF

 

(Brasília, 2/10/2015) – Os 94 novos auditores internos, recentemente aprovados em concurso público, estão participando de um curso de capacitação para o melhor exercício de suas funções. As aulas do curso são ministradas no auditório da Fundação Universa, e irão até o dia 15 de outubro. O objetivo principal do curso é promover um aprendizado teórico e prático nas funções de auditoria governamental, planejamento, orçamento e contabilidade pública.

 

Os instrutores são servidores da CGDF, das secretarias de Fazenda, de Planejamento e Gestão, além de servidores da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) convidados a ministrar palestras. A carga horária diária do curso é de oito horas, perfazendo um total de 160 horas, conforme estabelece a Lei Distrital no 4.448/2009. No curso, há exposição dos temas propostos e estudos de casos e exercícios práticos.

 

A importância do curso de capacitação é destacada por Renato Alves, Controlador-Geral Adjunto: “O curso de formação é a etapa final que irá preparar os aprovados para bem desempenharem as relevantes atribuições do cargo de auditor de controle interno. O esforço para chegarmos a esta fase foi gigantesco, mas, certamente, valeu muito a pena, pois a força de trabalho que será agregada ao Distrito Federal, em especial à Controladoria-Geral, proporcionará, inexoravelmente, maior economia e melhor aplicação dos recursos públicos”.

 

Temas gerais 

Os temas abordados giram, principalmente, em torno das três funções básicas da Controladoria:  Auditoria e Controle, Correição Administrativa e Transparência e Combate à Corrupção. Para a área de Auditoria e Controle, os temas abordados são teoria de Auditoria Governamental, Controle Interno, Contabilidade e Estudos de Casos, seguido pelas Auditorias Especiais, Tomadas de Contas Especiais e Auditoria Operacional. Na sequência são abordados os temas de Auditoria de Gestão em Programas Governamentais, Contratos de Gestão e Contas Públicas, fechando com a apresentação do funcionamento do Sistema de Controle Interno e coordenação das unidades setoriais e seccionais de auditoria.

 

Para Lúcio Carlos de Pinho, auditor de carreira da CGDF e também instrutor no curso, “o curso de formação é uma oportunidade ímpar para que os futuros Auditores de Controle Interno do Distrito Federal conheçam mais profundamente a relevância da função constitucional do Controle Interno, bem como para que tenham contato objetivo com as singularidades operacionais, técnicas e normativas do Distrito Federal, o que lhes permitirá atuar futuramente com maior respaldo técnico”.

 

Os novos auditores internos estão recebendo, ainda, informações sobre a estrutura organizacional e competências dos órgãos onde irão atuar, bem como sobre a Administração Pública do Distrito Federal: Código de Ética, Sistemas Corporativos, Cadastros, Portal de Compras, Planejamento e Orçamento Público, Acordo de Resultados e Planejamento Estratégico, Indicadores de Desempenho e Contabilidade Governamental.

 

Compromisso 

“A capacitação dos novos auditores de controle interno representa um grande avanço conquistado com a edição da Lei n.º 4.448/2009, uma vez que nesta fase os conhecimentos técnicos essenciais são ministrados aos futuros auditores”, explicou Marcos Tadeu de Andrade, Subsecretário de Controle Interno. Ele ressaltou ainda que “o curso propicia a vivência na prática das principais disciplinas que serão aplicadas para o bom desempenho no início da vida profissional na Carreira Auditoria de Controle Interno, típica de Estado e essencial ao desempenho das políticas públicas visando à responsabilidade fiscal”.