Governo do Distrito Federal
12/05/21 às 16h54 - Atualizado em 11/06/21 às 10h54

V Semana de Controle: Debate foca na necessidade da integração do Controle

 

Controle interno, ouvidoria e correição se uniram para falar sobre o que pode melhorar na entrega para a sociedade

 

A V Semana de Controle da Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF) teve início na terça-feira, 11 de maio, com transmissão pela  TV Controladoria DF no Youtube. O primeiro painel do evento debateu “A atuação integrada do controle em prol da melhora da gestão pública”.  Participaram os servidores da CGDF: Gustavo Lírio, subcontrolador de Controle Interno (SUBCI), Ismara Roza, subcontroladora de Correição Administrativa (SUCOR) e Cecília Souza da Fonseca, ouvidora-geral do Distrito Federal. O presidente do Conaci, Leonardo Ferraz, foi o moderador do Painel.

 

Leonardo Ferraz contextualizou o controle interno atualmente e ressaltou que a estruturação administrativa das unidades centrais de controle interno, na maioria das controladorias no País, é como um verdadeiro mosaico, pois atuam de formas diferentes, em conjunto ou separado de outras unidades como a correição, ouvidoria, transparência, integridade e combate à corrupção.

 

Para Ferraz “a integração das funções desempenhadas pelas Unidades de Controle Interno (UCI’s) com outras áreas de atuação da instituição contribui para a melhoria da gestão, e com a visão macro podem ser feitas intervenções em diversas áreas propondo melhorias e um círculo virtuoso de atuação da administração pública com o viés de eficiência, eficácia e efetividade”.

 

O subcontrolador de Controle Interno da CGDF, Gustavo Lírio, defende que o controle é um dever de todos dentro da administração pública, mas que não é apenas para auditar, tem muitas outras etapas e formas de atuação. No modelo teórico das três linhas do Instituto de Auditores Internos (IIA) a sistemática de controle segue os princípios da atuação do Corpo Administrativo, Gestão e Auditoria Interna. Para Gustavo este modelo está muito ligado às auditorias e acredita que um modelo híbrido permite conversar com outras funções encontradas nas controladorias. “Na CGDF seguimos o modelo do The IIA mas temos o benefício de ter três funções dentro de casa: controle interno, correição e ouvidoria que conversam entre si buscando um resultado melhor para entregar à sociedade. Portanto hoje temos o Modelo de Sistemas de Controle Integrado, que além da função de controle interno, abarca a função do controle social: correição e ouvidoria. Se essas funções estão sob o mesmo guarda-chuva, o trabalho fica mais fácil”, destaca Gustavo Lírio.

 

Ismara Roza, subcontroladora de Correição da CGDF, destacou a importância do trabalho integrado da correição com o controle interno e com a ouvidoria. As três áreas se relacionam, refletindo positivamente na entrega de seus trabalhos. A Correição Interna atua na parte preventiva e repressiva. As demandas de ouvidoria e os relatórios de auditoria encaminhados são analisados e apurados, “os casos em que são constatados atos não observados na legislação, como o envolvimento de agentes públicos ou pessoas jurídicas, são tomadas providências para investigação, podendo resultar em responsabilização”, afirma.

 

“O trabalho integrado com o controle interno e correição devem objetivar o atendimento do cidadão”, essa é a convicção da ouvidora-geral do DF, Cecília Fonseca. Para a ouvidora a relação da ouvidoria com as linhas no processo de controle é muito natural, “já que falar de auxílio na gestão e na melhoria da Administração Pública, tem que se falar no cidadão, nas demandas da sociedade”. A ouvidora também apresentou o Painel de Ouvidoria do DF, site que permite a qualquer cidadão acessar dados de manifestações realizadas na Rede de Ouvidorias do DF. Ela destacou que essa é uma forma de facilitar a participação do cidadão, uma vez que permite acesso à informações sem nenhum impedimento.

 

 

Na opinião dos participantes, o modelo integrado é um ponto de partida para que se possa entregar algo melhor à administração pública e à sociedade. Mas ressaltam que mesmo com a integração das três unidades, a relação se torna mais efetiva quando há um ambiente de Tecnologia da Informação e Comunicação integrado. Os sistemas hoje utilizados pelas três áreas são independentes:  Sistema de Gestão de Auditoria (SAWEB), Sistema Correcional Integrado (SCI) e Sistema de Ouvidoria do DF (OUV-DF), o que já está em análise para unificação na CGDF.

 

Sobre o evento

A V Semana ocorre entre os dias 11 e 13 de maio, sempre às 14h30, com transmissão no canal do YouTube da CGDF. O evento é voltado para Auditores de Controle Interno, servidores públicos do DF, dos municípios, dos estados e do governo federal, além de funcionários de empresas e estudantes universitários e outros profissionais que atuam nas áreas de auditoria interna, transparência e controle social, ouvidoria, correição, governança, compliance e gestão interna.

 

O evento é realizado pela Controladoria-Geral do DF (CGDF), correalizado pelo Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) e conta com o apoio da Escola de Governo (Egov), do Escritório de Assuntos Internacionais do DF (EAI) e do Instituto de Defesa da Cidadania e da Transparência (IDCT). Todo o material será mantido no canal da CGDF no YouTube: TV Controladoria DF (https://bit.ly/2YdHEjY).

Governo do Distrito Federal