Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/04/13 às 20h28 - Atualizado em 29/10/18 às 15h43

Transparência na Copa em Brasília

COMPARTILHAR

Fonte: Coordenadoria de Comunicação para a Copa-DF  –  Sexta, 26 Abril 2013 17:38

Capital sediou, durante dois dias, a 11ª Reunião da Câmara Temática de Transparência da Copa 2014. GDF apresentou mecanismos usados para garantir transparência nas ações voltadas aos megaeventos esportivos. Entre eles o Portal Transparência na Copa 2014, lançado nesta sexta-feira (26). 

A menos de um mês da inauguração, o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha recebeu, nesta semana, a 11ª Reunião da Câmara Temática de Transparência da Copa 2014. Representantes do governo federal e das cidades-sedes da Copa do Mundo FIFA 2014 tiveram a oportunidade de conhecer os mecanismos adotados pelo GDF para garantir transparência nas ações voltadas à realização da Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Brasília terá papel de destaque nesses dois eventos: sediará a abertura do primeiro torneio, em junho deste ano, e terá o número máximo de partidas (sete) no Mundial de 2014.

O secretário Federal de Controle Interno, Valdir Agapito Teixeira, destacou a satisfação em participar dessa primeira reunião de trabalho do grupo na capital federal. Ele explicou que a Câmara Temática foi criada pelo governo federal, em 2011, para discutir formas de aprimorar e intensificar a transparência pública sobre os empreendimentos necessários à realização do evento. A Câmara é composta por representantes do governo federal (Ministério do Esporte, Controladoria-Geral da União e Advocacia-Geral da União), e das cidades-sede da Copa.

“A Câmara Temática da Transparência tem servido muito como espaço de compartilhamento de experiências e para conhecer novas estratégias, debater as melhores práticas para os recursos investidos”, destacou a secretária de Estado de Transparência e Controle do DF, Vânia Vieira, na abertura da reunião. “Desde o primeiro momento, prestamos informações para a Controladoria Geral da União, órgão responsável por consolidar e organizar as informações de todas as cidades-sede sobre os recursos aplicados nas obras e ações para a Copa do Mundo”, enfatizou.

Novo portal – Durante a Câmara Temática, Vânia Ribeiro falou do lançamento do Portal da Transparência da Copa 2014, que começou a funcionar na tarde desta sexta-feira (26). O novo site traz informações sobre recursos investidos, licitações, contratos e execução financeira das ações para a Copa e divulgações sobre as obras do estádio e de áreas como mobilidade urbana, turismo e segurança.

A página está hospedada dentro do Portal da Transparência do GDF e pode ser acessada no endereço eletrônico www.transparencia.df.gov.br/copa . As informações serão atualizadas conforme o andamento de licitações, assinaturas de contratos e liberação de recursos para obras e ações. “Embora o GDF já divulgue informações referentes à Copa 2014 no portal nacional mantido pela CGU, este site específico complementará as informações e facilitará o acesso pelo cidadão, ampliando ainda mais a transparência dada pelo governo local”, ressaltou a secretária.

Brasília na Copa – Outro exemplo de transparência e prestação de contas por parte do Governo do Distrito Federal é o recém-lançado portal Brasília na Copa (www.copa2014.df.gov.br) . Durante a reunião, a coordenadora-chefe de Comunicação para a Copa, Samanta Sallum, apresentou o portal. “A questão da transparência é muito importante para o GDF, e uma das primeiras ações do governador Agnelo Queiroz foi criar a Secretaria de Transparência e Controle, que tem papel atuante. No contexto da Copa do Mundo, a grande preocupação do Governo é que esses investimentos fiquem como legado para toda a população e o nosso portal Brasília na Copa tem a missão de divulgar também o que ficará como legado, além de levar à população toda uma prestação de contas das ações e dos investimentos”, explicou Samanta Sallum.

Para Teresa Melo, da Advocacia Geral da União (AGU), o portal Brasília na Copa é um instrumento muito importante de divulgação desse legado. “A gente tem ações de mobilidade urbana, de aeroportos, de infraestrutura, e o portal permite que a gente acompanhe o legado da Copa em si. Então esse portal Brasília na Copa é muito importante para mostrar que a Copa do Mundo não é um evento privado, mas um evento que traz benefícios para toda a população”, afirmou.

 

ASCOM/STC-DF