Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/11/17 às 16h50 - Atualizado em 29/10/18 às 15h43

Sistema OUV-DF será adotado pelo MPDFT

COMPARTILHAR

Cessão da plataforma informatizada desenvolvida pelo governo de Brasília  não terá custos para o Ministério Público. Protocolo de intenções que celebra o acordo foi assinado na tarde desta quinta (16)

 

O Sistema Informatizado de Ouvidoria (OUV-DF),desenvolvido pelo governo de Brasília, será cedido sem custos ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

 

Celebrada por meio de assinatura de protocolo de intenções firmado entre o MPDFT e a Controladoria-Geral do DF, a parceria é uma forma de aprimorar o atendimento ao cidadão e incentivar o envolvimento da sociedade civil no exercício de direitos.

 

“Essa é uma forma de facilitarmos a vida do cidadão e do setor de ouvidorias”, sintetizou o ouvidor-geral do DF, José dos Reis Oliveira, na cerimônia de celebração do pacto, na tarde desta quinta-feira (16).

 

O acordo faz parte da série de ações conjuntas decorrentes da rede integrada de ouvidorias, a Rede Ouvir-DF, instrumento de compartilhamento de informações e união da base de dados entre Executivo, Judiciário e Legislativo locais, lançado em outubro.

 

Entre as vantagens do sistema, o controlador-geral do DF, Henrique Ziller, destacou a possibilidade de o cidadão dar um retorno sobre a resolução da demanda diretamente da plataforma.

 

“A ferramenta revela uma disposição do governo de avaliarmos se de fato conseguimos atender a população”, defendeu.

 

O procurador-geral de Justiça do MPDFT, Leonardo Bessa, recebeu a parceria como um grande incremento na ouvidoria da instituição. “Ficamos muito felizes em termos esse canal de comunicação, mais moderno e que nos permitirá a melhoria dos serviços”, elogiou.

 

Com a assinatura do protocolo de intenções, a equipe de tecnologia da informação do MPDFT desenvolverá e adaptará o código-chave do sistema para atendê-lo. Para a ouvidora do Ministério Público, Rose Meire Cyrillo, a ferramenta permitirá que o órgão preste um serviço de excelência ao cidadão, “mais responsivo e eficaz”, acrescentou.

 

De acordo com a Controladoria-Geral do DF, faz parte do planejamento estratégico do órgão de controle a cessão do sistema para outros integrantes da Rede Ouvir-DF.

 

Integram a rede o governo de Brasília, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), a Câmara Legislativa do Distrito Federal e o Tribunal de Contas do Distrito Federal.