Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/06/09 às 3h00 - Atualizado em 29/10/18 às 15h45

SEOPS na inauguração do Taguaparque

COMPARTILHAR

Ao completar 51 anos, Taguatinga ganhou um presente há muito esperado: o Taguaparque, área verde localizada entre Taguatinga e Vicente Pires. Neste sábado (6), a primeira etapa do novo centro de lazer da cidade foi aberta ao público, com a presença do governador José Roberto Arruda que aproveitou para assinar a ordem de serviço para as obras da segunda etapa. Ele também anunciou um investimento de R$ 50 milhões na construção do Parque da Asa Norte, que fará divisa com o Setor Noroeste.

O parque possui 89 hectares – o equivalente ao tamanho de 107 gramados do Maracanã – e é uma reivindicação antiga da comunidade de Taguatinga, que desde 1992 pedia a criação de um parque na região. A área estava abandonada e o temor era que virasse alvo de grileiros. “O Taguaparque é um sonho de muitas gerações que nasceu no coração dos pioneiros de Taguatinga e virou realidade”, disse Arruda, durante a abertura do parque. “É a vitória da ordem sobre a bagunça”, afirmou.

A primeira etapa do Taguaparque foi concluída em quatro meses pela Novacap, que colocou ao todo cerca de 300 homens para trabalharem dia e noite no local. Foram investidos R$ 13,4 milhões nessa fase. Segundo o presidente da empresa, Luiz Carlos Pietschmann, as imagens da implantação do Taguaparque lembraram as da construção de Brasília e mais uma vez a Novacap participou da história da capital federal.

Os servidores do SIRADE representaram a SEOPS/CGDF no referido evento, quando foram registrados 05 atendimentos, dentre eles denúncias e solicitações de fiscalização. Foram também distribuídos folders da SEOPS/CGDF para conhecimento da população.