Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/02/10 às 3h00 - Atualizado em 29/10/18 às 15h45

Seops em fiscalização contra invasão no Itapoã

COMPARTILHAR

Continua, nesta segunda-feira (22/2), a fiscalização da área invadida, na última semana, no Itapoã. Cerca de 90 agentes da Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) e da Subsecretaria de Defesa do Solo e da Água (Sudesa) vigiam o local com o objetivo de evitar que os invasores retornem.

Nesta manhã, cerca de 6 mil metros de arame foram retirados do local. “Os agentes só irão agir se houver alguma tentativa de invasão” explica o assessor especial da Sudesa, Leandro Antunes.

Na quinta-feira (18/2) a Seops, com o apoio da Subsecretaria de Defesa do Solo e da Água, da Polícia Militar e Civil, realizou a operação de erradicação dos invasores da área, com cerca de 100 hectares. Na operação foram retiradas cerca de 600 edificações irregulares.

Depois da retirada dos invasores, os agentes de fiscalização começaram uma pós-operação. Ao todo, já foram retiradas 701 edificações. Além disso, os agentes recolheram 24 mil metros de cerca de arame.

Risco

Quem insiste em continuar com a ocupação pode ser preso. Até esta segunda, 68 pessoas já haviam sido detidas. A acusação é de parcelamento de terra pública, ocupação irregular do solo e crime ambiental. Os acusados podem pegar até oito anos de prisão.

Com informações: Correio Braziliense