Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/01/18 às 18h50 - Atualizado em 29/10/18 às 15h46

Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer reduz 16% do consumo de água

COMPARTILHAR
Coletividade marca campanha de redução de consumo da secretaria de Esporte, Turismo e Lazer
O espírito de equipe permeia todas as atividades da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer e com o Desafio Cada Gota Vale Muito não foi diferente. A conscientização dos servidores e colaboradores da pasta é o carro chefe na busca pelo uso racional dos recursos hídricos. Juntos, eles chegaram à marca de 16,3% de redução no consumo de água entre outubro de 2016 e setembro de 2017, em comparação ao mesmo período de 2015.

A pasta informa constantemente os seus servidores sobre a necessidade latente em economizar água em todos os espaços de trabalho como o Estádio Nacional Mané Garrincha, o Complexo Aquático Cláudio Coutinho, a Torre de TV, e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Além desses, o Estádio Bezerrão, o Parque da Cidade, os Centros Olímpicos e Paralímpicos, o Ginásio Nilson Nelson, a Casa de Chá e o Autódromo Nelson Piquet também abrigam servidores da secretaria.

Para que os usuários tomassem conhecimento da campanha, foram colocadas peças institucionais que conscientizam e lembram o dever de cada um para não haver desperdício e, dessa maneira, otimizar o uso da água. Banheiros, pias, chuveiros, vasos, bebedouros, tanques, entre outros, receberam os avisos sobre a importância da economia.

O maior desafio é manter os cartazes afixados, já que todos os espaços administrados pela Pasta recebem circulação diária, inclusive, aos fins de semana, da população, de turistas, além dos servidores da pasta. “A situação hídrica requer muito cuidado e devemos ser espelho para a sociedade, exercendo nosso dever de cuidar de um elemento tão precioso como a água”, lembra o secretário-adjunto de Turismo, Jaime Recena.

A secretária de Esporte, Turismo e Lazer, Leila Barros, é outra grande incentivadora da campanha “A iniciativa faz parte valores muito próximos que sempre vivenciei como atleta e que mantenho até hoje: a necessidade de atuar coletivamente para um bem comum”. E é exatamente pensando no coletivo que a Pasta manterá a campanha proposta para, em um futuro bem próximo, colher os frutos dessa ação.