Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/03/18 às 11h26 - Atualizado em 9/04/18 às 14h29

Projeto IA-CM da Controladoria-Geral do DF é reconhecido por entidades

COMPARTILHAR

O Projeto IA-CM da Controladoria-Geral do DF é reconhecido pelo Instituto dos Auditores Internos, pelo Conselho Nacional de Controle Interno e pelo Banco Mundial. Em fevereiro de 2018, as entidades encaminharam à CGDF cartas de referência do projeto IA-CM, reconhecendo que o órgão contempla a maturidade de auditoria interna nível 2, a execução do plano de ação de nível 3, bem como a capacidade da Controladoria do DF de disseminar as melhores práticas de gestão e governança pelo país.

 

Para o controlador-geral do DF, Henrique Ziller, o recebimento das cartas “é um reconhecimento explícito de qualificação alcançada pela Controladoria-Geral do DF, que envolve diversos processos de trabalho com o objetivo de potencializar os resultados das ações de controle do gasto público”.

 

O IA-CM começou a ser implementado na Controladoria-Geral do DF em 2015 e o projeto passou a integrar o Plano Estratégico Institucional.

 

O aprimoramento e a profissionalização da atividade de auditoria interna, a publicação de código de ética de auditores, a atualização de normas, a elaboração do plano de capacitação de servidores, foram alguns dos requisitos que conferiram à Controladoria-Geral do DF o alcance do nível 2 do modelo de capacidade de auditoria interna – IA-CM em maio de 2017.

“O reconhecimento formalizado motiva e valoriza muito o projeto”, afirma Liane Angoti, chefe da Assessoria de Harmonização Central da CGDF.

 

Vale a pena conferir as cartas nos links abaixo:

Carta de Referência do Banco Mundial para CGDF / Reference letter of World Bank to CGDF

Carta de Referência do Instituto de Auditores Internos / Reference letter of IIA

Carta de Referência do CONACI / Reference letter of CONACI