Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/03/17 às 16h58 - Atualizado em 29/10/18 às 15h37

Mediação de Conflitos envolvendo agentes públicos

COMPARTILHAR

Subcontroladoria de Correição Administrativa ministra palestra para servidores e funcionários públicos do GDF

 

Nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro, a Subcontroladoria de Correição Administrativa (SUCOR), por meio da Coordenação de Resolução Consensual de Conflitos (COSEN), promoveu o primeiro encontro técnico visando tratar da Mediação de Conflitos envolvendo agentes públicos. Tal medida visa implementar as diretrizes disciplinadas na Instrução Normativa nº 02, de 25 de julho de 2016, publicada no DODF de 26 de julho de 2016.

 

O controlador-geral do DF, Henrique Ziller e o subcontrolador de correição administrativa, Breno Rocha Pires e Albuquerque, fizeram a abertura do evento ressaltando a importância da mediação de conflitos para a administração pública, pois se trata de um procedimento de simplificação e desburocratização da atividade disciplinar.

 

Ziller salientou que, atualmente, é muito difícil fazer gestão pública diante do grande número de normas e procedimentos existentes, pois inviabilizam a efetividade do resultado. “A administração pública encontra-se saturada de demandas relacionadas à seara disciplinar e com a implantação da mediação de conflitos os procedimentos serão mais ágeis proporcionando maior fluidez na resolução das controvérsias” disse.

 

Os encontros foram conduzidos pelas servidoras Michelle Gomes Heringer Caldeira, coordenadora de resolução consensual de conflitos, e Alessandra Mendes Ferreira, diretora de mediação de conflitos. Foram apresentados aos servidores os objetivos da mediação de conflitos, as etapas e os princípios que norteiam o procedimento, o papel do mediador, os requisitos para atuação no desempenho do trabalho e as técnicas utilizadas para solucionar o conflito.

 

A coordenadora ressaltou a importância da utilização dessa ferramenta no âmbito dos órgãos e entidades como forma de resolução de controvérsias, pautada no princípio da eficiência, o que auxiliará a administração pública na busca de um serviço de qualidade e resposta ao cidadão.

 

Ao final, destacou que os encontros foram muito produtivos e importantes para disseminar e fomentar a utilização do procedimento de mediação de conflitos envolvendo agentes públicos nos órgãos e entidades que compõe a estrutura do Governo do Distrito Federal.

 

Participaram dos encontros 72 servidores dos diversos órgãos e entidades da Administração Pública Direta e Indireta do Distrito Federal.