Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/05/18 às 18h29 - Atualizado em 11/05/18 às 14h57

DFTrans firma acordo com Controladoria-Geral para aprimorar serviços

COMPARTILHAR

 

Foco principal das ações previstas no documento é o aumento da transparência e da eficiência na autarquia

 

Para aprimorar a gestão dos serviços do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), o diretor-geral da autarquia, Marcos Tadeu de Andrade, assinou um acordo de cooperação técnica com o controlador-geral do DF, Lúcio Carlos Filho.

 

É uma parceria que visa:

I – desenvolver projetos e ações que possam contribuir para a prevenção e o combate à corrupção, para a promoção da transparência e da ética pública, para o fomento do controle social e para o fortalecimento da gestão pública;

II – promover o intercâmbio de base de dados, informações e conhecimentos técnicos, objetivando viabilizar a utilização de sistemas informatizados desenvolvidos ou utilizados pela CGDF;

III – implementar ações conjuntas que assegurem a realização de compartilhamento e intercâmbio de informações e conhecimentos técnicos, com a finalidade de capacitar os servidores e aprimorar a gestão dos serviços e atividades desempenhadas por ambos; e

IV – implantar modelo de “Controladoria Setorial” na estrutura administrativa da DFtrans.

 

“É muito importante este termo de cooperação na medida em que vamos trazer as melhores tecnologias e o que há de melhor de governança no Distrito Federal para o DFTrans”, afirmou Andrade, no evento que aconteceu nesta quinta-feira, 3 de maio.

 

Entre os benefícios apontados pelo diretor, está o uso de ferramentas para tornar as informações da autarquia mais transparentes. “Há uma carência na divulgação de informações e a parceria visa ampliar a transparência ativa”, disse.

 

Um dos objetivos do acordo é o de fortalecimento dos processos internos, por meio da implantação da Controladoria Setorial, pela qual serão realizadas ações em conjunto de Controle Interno, de Correição Administrativa e Tomada de Contas Especial, de Ouvidoria e de Transparência.

 

Também, prevê o compartilhamento de conhecimentos e informações técnicas referentes às áreas de auditoria e fiscalização, correição e ouvidoria, tais como melhores práticas e normativos internos, visando complementar as ações desenvolvidas e a troca de experiências.

 

Para o controlador-geral, o momento é de oportunidade para fazer a diferença pelo transporte público coletivo na capital do país. “O transporte é uma política pública de primeira ordem. Sem transporte, não se chega à escola, por exemplo”, disse Lúcio Pinho. “Vamos trabalhar pela nossa população”, finalizou.