Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/03/16 às 17h58 - Atualizado em 29/10/18 às 15h29

Controladoria-Geral do DF apoia a Educação Fiscal

COMPARTILHAR

O Seminário “Educação Fiscal: Novos Caminhos” abre portas para despertar a consciência na sociedade ao pleno exercício da cidadania

 

A Coordenação do Programa Nacional de Educação Fiscal promoveu, dia 14, o Seminário “Educação Fiscal: Novos Caminhos”, no auditório da sede da Escola de Administração Fazendária (ESAF). A iniciativa fez parte da programação da 60ª reunião da Gerência de Educação Fiscal (GEF).

 

A Mesa de abertura do Seminário foi composta por representantes da Diretora da Escola de Administração Fazendária – ESAF, Controladoria-Geral do DF, Secretaria de Fazenda do DF, Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais – Febrafite, Secretaria de Educação do DF e Coordenação de Educação Fiscal e Memória Institucional da RFB.

 

O Controlador-Geral Adjunto da CGDF, Marcos Tadeu de Andrade, agradeceu o convite, ressaltando que a Controladoria-Geral está honrada em participar desse evento. Destacou, ainda, que o Órgão Central de Controle Interno está estreitando a parceria com a Secretaria de Fazenda no que se refere à Educação Fiscal.

 

O evento foi dirigido a estudantes universitários, servidores públicos, coordenadores de Educação Fiscal nos estados e cidadãos em geral interessados no tema.

 

Os palestrantes da CGDF, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Secretaria de Fazenda do Estado de Goiás, Vara de Execução Fiscal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, CGU e Observatório Social de Brasilia, abordaram temas referentes aos desafios da Educação Fiscal e as formas de mobilização social frente ao contexto brasileiro atual.

 

Após as palestras houve debate “Qualidade do gasto e melhorar a alocação dos recursos – Como enfrentar tais desafios?” com representantes da Receita Federal do Brasil , Secretaria de Orçamento Federal e Secretaria do Tesouro Nacional.

O Subcontrolador de Transparência e Controle Social, Diego Ramalho Freitas, representante da Controladoria-Geral do DF, abordou o tema “Educação Fiscal, Controle Social, Transparência. Como mobilizar a sociedade para estes temas?”.

 

Freitas apresentou o planejamento das ações de Controle Social para o ano de 2016, falando principalmente das auditorias cívicas e do fortalecimento das ações do Grupo de Educação Fiscal (GEF-DF). “Em 2016 todas as ações de Educação Fiscal estarão ligadas diretamente aos projetos de Controle Social. Principalmente os projetos que atenderão estudantes do Ensino Fundamental e Médio”, ratificou.