Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/05/16 às 20h23 - Atualizado em 29/10/18 às 15h41

CGDF promove primeiro Café com BI

COMPARTILHAR

Encontro realizado no TCDF reuniu órgãos do GDF interessados em usar a tecnologia da informação para fortalecimento da governança pública.

 

A Controladoria-Geral do DF e o Tribunal de Contas do Distrito Federal reuniram, na nesta terça-feira, 24 de maio, representantes de diversos órgãos do Governo do Distrito Federal para apresentar proposta de criação de um modelo integrado de bases de dados que proporcione produção de informações estratégicas visando a formulação de políticas públicas e melhor controle da gestão. A estratégia é usar a tecnologia da informação para melhoria e aperfeiçoamento da administração governamental, agregando dados dos diversos órgãos para auxiliar na tomada de decisões.

 

O Controlador-Geral Adjunto, Marcos Tadeu de Andrade,  iniciou o encontro afirmando que a utilização de inteligência em tecnologia da informação é fundamental para o controle da gestão e o aprimoramento da tomada de decisão pelos gestores.

 

Durante o evento, chamado de “Café com B.I.”, a equipe da Subcontroladoria de Tecnologia e Informações Estratégicas da CGDF apresentou o software Microstrategy, que é utilizado na geração de painéis para subsidiar os gestores públicos em suas estratégias de atuação e tomada de decisões.

 

Os especialistas em TI mostraram aos participantes exemplos de integração de bancos de dados na área de Educação, com o cruzamento de informações e a geração de gráficos comparativos sobre número de alunos por região administrativa, entre outros exemplos.

 

O Subcontrolador de Tecnologia e Informações Estratégicas da CGDF, Duque Dantas, relembrou experiências como a criação do Centro Integrado de Comando e Controle para a Copa das Confederações, e também a utilização dessa estratégia de integração de sistemas na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. Ambos os eventos foram em 2013. “O papel do BI , que é como chamamos Business Intelligence, é integrar pessoas e dados, tecnologia e informação, para melhorar a gestão”, explicou.

 

O Secretário de Educação, Júlio Gregório Filho, aprovou a iniciativa da CGDF e destacou a importância de se ter acesso às informações estratégicas para melhorar a gestão. “As informações existem mas estão desencontradas. O sistema vai unificar os dados”, disse.

 

A secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão do DF, Leany Lemos, participou do encontro e afirmou: “A Controladoria-Geral do DF é parceira na hora de pensar e dividir soluções”. Para ela, a iniciativa é de fundamental importância: “É uma ferramenta que atenderá não só o gestor, mas também os profissionais que estão na ponta e que alimentam os bancos de dados”, disse.

 

O presidente do TCDF, Conselheiro Renato Rainha, enfatizou a importância desse tipo de estratégia, não só para facilitar o controle externo da Administração Pública, mas principalmente para o alcance de resultados para o cidadão. “Temos de acabar com a ideia de que há ilhas de excelência no serviço público. O conhecimento e os dados devem ser compartilhados para encontrar soluções, e não só para identificar problemas. O TCDF é parceiro nessa busca pelo que melhor atende o interesse público”, ponderou.

Leia também...